A Grandeza de uma pessoa...

A GRANDEZA DE UMA PESSOA NAO SE MEDE PELO ESPAÇO QUE OCUPA NO NOSSO CORAÇAO, MAS SIM PELO VAZIO QUE DEIXA QUANDO ESTÁ DISTANTE.

sábado, 13 de novembro de 2010

Caminhos de Luz: Bom dia Senhor

Caminhos de Luz: Bom dia Senhor:



"Bom dia Senhor, bom dia Senhor,novo dia ja nasceu.Bom dia Senhor, bom dia Senhor,é dia amanheceu! Eu hoje acordei, com meus lábios a canta..."

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

EU MESMA




Ontem recebi um desafio do meu mangerico, senhor José Gonçalves, de fazer um auto-retrato baseado em 20 questões prévias e desafiar quem o ler a proceder de igual modo!

Como também não viro as costas a um desafio, aqui eu estou para responder a um interrogatório Policial de 20 questões juridicamente pertinentes.

Vamos então:

1 – Se me dou bem com a minha sogra?

Claro k sim. Mas ela lá e eu cá. Lol

2 – Qual o seu desafio?

Eu própria.

3 – O que diria a seu chefe se ganhasse a Lotaria?

Xauzinho e até um dia destes.

4 – Que farias se descobrisses que alguém te está mentido?

Riscava-o da minha lista de amigos.

5 – Se a tua casa sofre um incêndio e apenas podes salvar uma única coisa, que salvarias?

O meu filho.

6 – Entras num local com muita gente, que fazes?

Procuro passar despercebida.

7 – Vês um recipiente meio cheio ou meio vazio?

Claro k meio cheio.

8 – Encontras uma Lamparina Mágica. Que três desejos pedes?

Amor, amor, amor.

9 – O que te levou a criar um blog?

O facto de uma ning chamada “um sorriso na palma da mão” ir encerrar.

10 – Se fosses um dinossauro, como te chamarias?

Formiga. Lol

11 – Você mudaria algo no passado?

O passado não se pode mudar. Podemos é construir o futuro hoje.

12 – Qual é o teu sonho?

Que o meu filho encontre o seu caminho... E para mim, vou sonhando com o dia de amanhã, cheio de Vida e de Sol.

13 – O que de mais vergonhoso fizeste?

Não me lembro.

14 – Se fosses um animal, qual serias?

Uma gatinha. Lol

15 – O que nunca farias por dinheiro?

Ceder a chantagens.

16 – O quê ou quem é capaz de te tirar do sério?

Os arrogantes.

17 – O que fizeste em tua Vida de que tenhas tanto orgulho?

Um filho. Um dia terei muito orgulho nele.

18 – Como gostarias de te enamorar?

Mas eu ando sempre enamorada! Lol

19 – Com que personagem, famoso ou não famoso, gostarias de parecer-te?

Essa pergunta é muito Dificil... JESUS CRISTO.

20 – O que prezas mais na vida?

A Vida.



Agora tenho que propor uma nova pergunta para que a cadeia siga e se vão juntando perguntas novas de blog em blog…


21 – Qual a maior emoção que gostarias de ter/passar?

Lanço este mesmo desafio a cinco “personagens” que penso estarem à altura do desafio sem que esse gesto signifique o que quer que seja e sem nenhum compromisso de cumprimento!

Se aceitarem o desafio, desenvolvam-no em seus blog’s.

Se não aceitarem, continuarão a ser pessoas amigas dentro deste circulo que é muito alem do virtual.

Flávio

Life

Teresa

Maria Silva

Lena Etzberger


E prontos!

À minha amiga, que se chama Princesa, de Cadiz, agradeço a iniciativa interessante.


A todas, Todas as pessoas que considero amigas e que queiram aceitar este desafio, para além das cinco “nomeadas” ( por normas do “concurso”), façam o favor de o publicar em seus blog’s com as suas respostas e sempre mais uma pergunta para reforçar o conhecimento do Eu mesmo!



Nanda

sábado, 25 de setembro de 2010

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

TU O MEU MAR



Poema muito, muito antigo que ouviamos na nossa juventude.

Era e é fantástico e sempre actual:

O Amor continua a ser Azul...

Foi o meu mangerico k estava a ouvir e passou-o para mim. Eu logo o postei.

.

domingo, 19 de setembro de 2010

UM SONHO A DOIS - ROUPA NOVA & JOANA

.



...Ele sabe o geito de agradar...

...Me fascina com seu geito de ser...



DESCOBRIR QUE O AMOR É AZUL


.

PEREGRINAÇÃO ANUAL À PENHA - GUIMARÃES

.



É pela 117ª vez que os católicos de Guimarães e regiões limítrofes, manifestam a sua alegria pelo grande dom de Deus que foi o nascimento da Virgem Maria. De facto, na base desta manifestação de fé, está a festa do Nascimento de Nossa Senhora (8 de Setembro). E esta alegria, expressa em orações e cânticos, faz sempre realçar o louvor, acção de graças, a fé e confiança na intercessão e patrocínio daquela que, por ser Mãe de Jesus, Filho de Deus feito homem, se tornou também mãe da Humanidade.

A peregrinação, em qualquer ângulo sob que se apresente, tem sempre o carácter de espontaneidade e explosão de sentimentos. E, assim, parece que as súplicas e preces disputam, sem tréguas, prioridades tanto na oração individual, como na comunitária. Mas na realidade, está sempre patente o sentido de louvor e gratidão, posto que tudo se espera de Maria porque Ela é Mãe de Deus, é a Medianeira de todas as graças, é causa da nossa alegria. Esta certeza, de certo modo, tranquilizará aqueles que gostariam de ver uma caminhada melhor organizada em sintonia de acção e em obediência a uma orientação bem pensada e com garantia de alguma eficácia. Todavia, a verdade é que, percorridas algumas centenas de metros, uma única leitura transparece: o sentido determinado de “voar” para as alturas, onde a serenidade e a paz se tornam verdadeiro testemunho de fé.

Como habitualmente, também este ano foram propostas intenções especiais, comunitárias. Aliás, não poderia ser de outra maneira: não é a peregrinação uma imagem da Igreja? Não é um povo que caminha, acalentado pela mesma fé e um só baptismo? Corpo místico de Cristo? Desta vez, as intenções gerais são assim enunciadas: que neste ano pastoral aprendamos a viver da Palavra; que, em tempo de crise, saibamos abrir portas de esperança; que a Oração nos fortaleça na esperança. O facto de a peregrinação à Penha se realizar sempre no 2º domingo de Setembro e portanto no arranque do Ano Pastoral deveria aconselhar a que se fizesse a devida preparação que, aliás, resultaria também em grande proveito para encarar os objectivos pretendidos na acção pastoral. Certo é que, no momento mais alto da jornada, na celebração eucarística, não tem faltado, por parte da presidência a palavra de ordem, de conforto e de entusiasmo.

Domingo, dia 12 de Setembro, uma chuva de graças do céu está garantida. Que todos os cristãos e devotos da Senhora da Penha sejam generosos no cumprimento das suas responsabilidades.

Lima de Carvalho
In: O Conquistador
.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Ivete Sangalo e Brian Mcknight - Back at one(tradução)



VEM
VEM BANHAR-TE NO MEU MAR
VEM REFRESCAR-TE NO MEU CALOR
VEM SENTIR O MEU CORPO NO TEU
VEM
EU QUERO O TEU AMOR
NAO SEREI FELIZ SOZINHA


FG

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Vai um tanguinho meu mangerico?

MEU NOVO BLOG

Chama-se: MUSICAS PRA OUVIR.

Ainda está no inicio, mas para quem gostar de musica, convido a ir lá de vez em quando.

Este meu blog: emoções várias, tem bastantes musicas de que eu gosto muito, mas alguem me deu a ideia de criar um blog só de musicas e nao fui de moda: já está criado.

Espero k gostem e k o sigam.

Bjinhos e até sempre!

FGGuimarães

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

A Biblia dos Surfistas




A Sociedade Bíblica e a Christian Surfers Portugal apresentaram ontem a Bíblia do Surfista no Museu das Comunicações, em Lisboa.



Esta edição reúne textos bíblicos do Novo Testamento, da mais recente tradução da Bíblia em português - publicada em Outubro -, explicando-os em linguagem adaptada ao mundo do surf e especialmente dedicada aos seus praticantes.


Apresentada com capa de plástico e a foto de uma onda, compila no seu interior, além do Novo Testamento, fotografias de surf, testemunhos de surfistas e pequenos textos que fazem a ponte entre a palavra de Deus e o universo deste desporto de ondas. Segundo Alfredo Abreu, da Sociedade Bíblica portuguesa, que produziu esta bíblia para a comunidade Christian Surfers Portugal, o objectivo é “facilitar a entrada do público nestes textos milenares”.



O surfista Nuno Rosário, líder dos Christian Surfers em Portugal, explicou à Lusa o que para ele, e também para outros surfistas, liga o surf a Deus: "encontrámos nas ondas a satisfação e o prazer que não encontrávamos noutro desporto ou actividade, mas mesmo com isso faltava sempre algo, a satisfação não era completa", especificando ainda que existem "necessidades espirituais que a sociedade não satisfaz e não havia um instrumento para satisfazer essa necessidade".



Esta sensação é abordada na introdução da Bíblia do Surfista, na qual se compara a "paixão pela procura das ondas perfeitas" e o "sentimento espiritual, especialmente quando as ondas são boas e os picos alucinantes", a que aludem tantos praticantes.



A apresentação deste livro integra a exposição multimédia “A Bíblia para Todos”, na qual está o robot que, desde Outubro, copia todo o texto do Novo Testamento, além dos volumes encadernados da Bíblia Manuscrita, escrita por cem mil portugueses, em 2004, e uma réplica da prensa de Gutenberg, onde o primeiro livro, uma Bíblia, foi impresso em 1454/55.



Quarta-feira, 6 de Janeiro, a partir das 21h, será o encerramento da exposição multimédia, em forma de lounge bíblico, ou seja, artistas e músicos, incluindo vários da editora Flor Caveira, participam num programa que inclui também a possibilidade de visitar a exposição.



Quem são os Christian Surfers

A Bíblia do Surfista teve a força impulsionadora da Christians Surfers International (CSI), organização fundada em 1970 por um grupo de surfistas australianos adolescentes, que reúne praticantes de longboard, surf, bodyboard, shapers ou simples amantes de praia que integram diferentes nominações cristãs.



A Christian Surfers Portugal deu os primeiros passos em 1998, e a versão portuguesa da Bíblia do Surfista apenas agora foi publicada, no entanto esta compilação de textos bíblicos já existe em muitos outros países por onde a associação está espalhada, como Nova Zelândia, Brasil, Itália, França, Japão, EUA, entre muitos outros (ao todo 26 países).



Mais informações em www.christiansurfers.net ou http://csportugal.blogspot.com

Homenagem a alguém muito Especial




Pela amizade que você me devota,
por meus defeitos que você nem nota...

Por meus valores que você aumenta,
por minha fé que você alimenta...

Por esta paz que nós nos transmitimos,
por este pão de amor que repartimos...

Pelo silêncio que diz quase tudo,
por este olhar que me reprova mudo...

Pela pureza dos seus sentimentos,
pela presença em todos os momentos...

Por ser presente, mesmo quando ausente,
por ser feliz quando me vê contente...

Por este olhar que diz:
"Amigo, vá em frente!"

Por ficar triste, quando estou tristonho,
por rir comigo quando estou risonho...

Por repreender-me, quando estou errado,
por meu segredo, sempre bem guardado...

Por seu segredo, que só eu conheço,
e por achar que apenas eu mereço...

Por me apontar pra DEUS a todo o instante,
por esse amor fraterno tão constante...

Por tudo isso e muito mais eu digo:

Deus te abençoe,beijinhos da mana

domingo, 29 de agosto de 2010

Começar de novo



Como diz a nossa grande Amiga Genny sobre o "encerramento" do sorrisonapalmadamao,

Quem diria amiga que a partir de agora, com as malas da simpatia,
do amor e da amizade estamos a caminho de outros lugares para dizer:
" Que bom que estás aqui também" e como o sucesso é saber começar
de novo........................... LÁ VAMOS NÓS...!!!!!

ADOREI. ADOREI MESMO GENNY

UM BEIJO E UM ABRAÇO APERTADINHO!

FGGUIMARÃES

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Boa noite!






Esperei por ti e tu nao vieste.

Convoquei minhas amigas para me ajudarem a descobrir onde te encontras.

A noite caiu e eu ainda te procuro.

Pedi que alguem registasse este meu voo ao teu encontro.

Pode ser k de dia ele seja possivel.

Entretanto fico à tua espera...

FG

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Para os APAIXONADOS



Para os apaixonados, principalmente para alguém que não sabe viver de outra maneira...
Estarei certa?


Se estiver, que se pronunciem.


Ai k o AMOR é tão LINDO!!!


Ao Michael Jackson, obrigada por esta canção tão linda e paz à sua alma.

Um abraço
FGGuimarães

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Nossa Senhora de Lourdes



História


Em 11 de fevereiro de 1858, na vila francesa de Lourdes, às margens do rio Gave, Nossa Mãe, Santa Maria manifestou de maneira direta e próxima seu profundo amor para conosco, aparecendo-se a uma menina de 14 anos, chamada Bernadete (Bernardita) Soubirous.

A história da aparição começa quando Bernadete, que nasceu em 7 de janeiro de 1844, saiu, junto com duas amigas, em busca de lenha na Pedra de Masabielle. Para isso, tinha que atravessar um pequeno rio, mas como Bernadete sofria de asma, não podia entrar na água fria, e as águas daquele riacho estavam muitas geladas. Por isso ela ficou de um lado do rio, enquanto as duas companheiras iam buscar a lenha.

Foi nesse momento, que Bernadete experimenta o encontro com Nossa Mãe, experiência que marcaria sua vida, “senti um forte vento que me obrigou a levantar a cabeça. Voltei a olhar e vi que os ramos de espinhos que rodeavam a gruta da pedra de Masabielle estavam se mexendo. Nesse momento apareceu na gruta uma belíssima Senhora, tão formosa, que ao vê-la uma vez, dá vontade de morrer, tal o desejo de voltar a vê-la”.

“Ela vinha toda vestida de branco, com um cinto azul, um rosário entre seus dedos e uma rosa dourada em cada pé. Saudou-me inclinando a cabeça. Eu, achando que estava sonhando, esfreguei os olhos; mas levantando a vista vi novamente a bela Senhora que me sorria e me pedia que me aproximasse. Ms eu não me atrevia. Não que tivesse medo, porque quando alguém tem medo foge, e eu teria ficado alí olhando-a toda a vida. Então tive a idéia de rezar e tirei o rosário. Ajoelhei-me. Vi que a Senhora se persignava ao mesmo tempo em que eu. Enquanto ia passando as contas ela escutava as Ave-marias sem dizer nada, mas passando também por suas mãos as contas do rosário. E quando eu dizia o Glória ao Pai, Ela o dizia também, inclinando um pouco a cabeça. Terminando o rosário, sorriu para mim outra vez e retrocedendo para as sombras da grupa, desapareceu”...

Entre os dias 11 de fevereiro e 16 de julho de 1858 houve 18 aparições. Estas se caracterizaram pela sobriedade das palavras da Virgem, e pela aparição de uma fonte de água que brotou inesperadamente junto ao lugar das aparições e que deste então é um lugar de referência de inúmeros milagres constatados por homens de ciência.
 
In: http://www.acidigital.com/Maria/lourdes/historia.htm

A água da fonte...
Os doentes pedindo a sua cura...
O SANTUÁRIO

terça-feira, 24 de agosto de 2010

O meu mangerico





É com grande emoção que vi a criação de mais dois blogues do meu mangerico:




Um sobre "PENSAMENTOS ROLANTES" e o outro sobre "FOTOS ROLANTES".


Tanto um como outro são apelativos e nota-se que foram criados com paixão.

Por isso quero dizer publicamente que é com grande EMOÇÃO que assisto às tuas novas criações.

Bem hajas!

Desejo que te divirtas e que nos faça bem à alma todas as tuas iniciativas.

Tenho dito!

Com amor,





FG


quarta-feira, 30 de junho de 2010

Filho, Parabéns, hoje fazes 18 anos


Filho, hoje fazes 18 anos

Queria oferecer-te o mundo. Mas o mundo é grande demais para ser embrulhado e pequeno demais para caberes nele. Por isso aceita apenas o meu/nosso amor.

Que Deus, e os teus amigos, te ajudem a encontrar o caminho que tanto procuras.

Quanto a nós, estaremos sempre por perto.

Parabéns pelo teu aniversário.

Amo-te meu tesouro.

.


segunda-feira, 28 de junho de 2010

DESEJO




Desejo primeiro que você ame,
E que amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer.
E que esquecendo, não guarde mágoa.

Desejo, pois, que não seja assim,
Mas se for, saiba ser sem desesperar.

Desejo também que tenha amigos,
Que mesmo maus e inconseqüentes,
Sejam corajosos e fiéis,
E que pelo menos num deles
Você possa confiar sem duvidar.

E porque a vida é assim,
Desejo ainda que você tenha inimigos.
Nem muitos, nem poucos,
Mas na medida exata para que, algumas vezes,
Você se interpele a respeito
De suas próprias certezas.
E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo,
Para que você não se sinta demasiado seguro.
Desejo depois que você seja útil,

Mas não insubstituível.
E que nos maus momentos,
Quando não restar mais nada,
Essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.

Desejo ainda que você seja tolerante,
Não com os que erram pouco, porque isso é fácil,
Mas com os que erram muito e irremediavelmente,
E que fazendo bom uso dessa tolerância,
Você sirva de exemplo aos outros.

Desejo que você, sendo jovem,
Não amadureça depressa demais,
E que sendo maduro, não insista em rejuvenescer
E
que sendo velho, não se dedique ao desespero.
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor
É preciso deixar que eles escorram por entre nós.

Desejo por sinal que você seja triste,
Não o ano todo, mas apenas um dia.
Mas que nesse dia descubra
Que o riso diário é bom,
O riso habitual é insosso e o riso constante é insano.

Desejo que você descubra,
Com o máximo de urgência,
Acima e a respeito de tudo, que existem oprimidos,
Injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.

Desejo ainda que você afague um gato,
Alimente um cuco e ouça o joão-de-barro
Erguer triunfante o seu canto matinal
Porque, assim, você se sentirá bem por nada.

Desejo também que você plante uma semente,
Por mais minúscula que seja,
E acompanhe o seu crescimento,
Para que você saiba de quantas
Muitas vidas é feita uma árvore.

Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro,
Porque é preciso ser prático.
E que pelo menos uma vez por ano
Coloque um pouco dele
Na sua frente e diga “Isso é meu”,
Só para que fique bem claro quem é o dono de quem.

Desejo também que nenhum de seus afetos morra,
Por ele e por você,
Mas que se morrer, você possa chorar
Sem se lamentar e sofrer sem se culpar.

Desejo por fim que você sendo homem,
Tenha uma boa mulher,
E que sendo mulher,
Tenha um bom homem
E que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes,
E quando estiverem exaustos e sorridentes,
Ainda haja amor para recomeçar.
E se tudo isso acontecer,
Não tenho mais nada a te desejar



Victor Hugo – França – *1802 +1885

sábado, 19 de junho de 2010

A florzinha que aprendeu a Sorrir


Era uma vez uma florzinha que ao nascer cortou uma das suas pétalas num espinho.

Como a pétala partida não lhe doia, ela não se preocupou com isso e vivia feliz, muito feliz... Contudo, certo dia, começou a perceber que as outras flores olhavam para ela com os olhos de espanto! E foi aí que notou que era diferente das outras flores.

Os dias foram passando e ela foi ficando triste, cada vez mais triste, e o jardim ia perdendo a beleza que tinha antes.


Ela não estava triste por causa da pétala partida, mas pela forma como as outras flores olhavam para ela. E foi justamente por isso que a pequena flor começou a chorar. Chorou tanto, tanto, mas tanto... que a terra molhada, já alagada, ao perceber que não aguentava nem mais uma lágrima, começou a ficar preocupada e perguntou: “Porque brota tanta água desses pequeninos olhos?” Mas a florzinha continuava a chorar...

A terra decidiu pedir socorro à sua amiga árvore, contando-lhe o quanto a florzinha chorava. E a árvore, contou aos pássaros, seus companheiros. E os pássaros voaram, voaram... e contaram às nuvens sonhadoras. E as nuvens cochicharam aos ouvidos dos anjos que brincavam no céu. E os anjos, os melhores amigos das nuvens, juntaram-se e contaram a Deus. E Deus chorou como a florzinha chorava... Não de tristeza pela pétala partida da florzinha, mas pela indelicadeza e a falta de compaixão das outras flores. E a partir desse instante, o choro da florzinha transformou-se em chuva, a chuva tornou-se um rio e o rio um imenso mar.

Num pequeno intervalo de choro, a florzinha abriu os olhos e ficou admirada com todo o rebuliço à sua volta. Não sabia que era tão querida pela Natureza e por Deus. Naquele momento, a sua tristeza começou a transformar-se em algo estranho, uma espécie de tremor que ia e vinha e que, assim que chegou ao coração, o fez bater mais forte. A flor sentiu a boca repuxar-se levemente para cima como que delineando um riso leve. E ao sorrir pela primeira vez, um delicioso perfume apoderou-se do seu corpo e alastrou-se pelas entranhas da Natureza, que nunca mais conseguiu viver sem ele.

E esse perfume chamou muitos, muitos animais... Vieram as abelhas, os beija-flores, as borboletas, as crianças... e, um a um, começaram a cheirar a florzinha que sabia sorrir e que tinha um delicioso perfume que parecia sair exactamente da pétala partida.

Essa é a história da florzinha que aprendeu a sorrir e que recebeu de presente o delicioso perfume que iria permanecer com ela e com todas as outras que viessem depois dela, desde que soubessem sorrir...

In Audácia

terça-feira, 15 de junho de 2010

BODAS DE PRATA

Vinte e cinco anos passaram,

Muito foi o que amaram,

Sofreram e desculparam

E também muito aprenderam!


......................................................


Aprenderam a esquecer

Ofensas, mágoas, sofrimento...

e o companheiro enaltecer

Com amor e sentimento.


.......................................................



Houve atritos, espinhos e dores


Depois de tudo ultrapassado,

Há vitórias, alegrias, recordações.

Momentos de muitas emoções,


Tudo fica registado!
M.C.


sábado, 5 de junho de 2010

Escuteiros de Mesão Frio em Guimarães, entraram no Guiness Book




O agrupamento do Corpo Nacional de Escutas de Mesão Frio, conseguiu bater o recorde da maior cadeia de lenços escutistas do mundo.

Numa iniciativa promovida por aquele agrupamento, para assinalar os 30 anos de escutismo em Mesão Frio, cerca de 1 000 escuteiros de diversos Conselhos, uniram-se e formaram uma cadeia de lenços escutistas de 3 800 metros e mais 23 centrimetros.

Em declarações a "O Comercio de Guimarães", a chefe escutista Teresa Novais agradeceu a todos os escuteiros que participaram na actividade, numa adesão que se revelou fundamental para poder entrar no livro do Guiness.

"Ficamos muito satisfeitos ja que conseguimos alcançar o nosso objectivo. E esse objecivo só foi conseguido graças ao espirito e união escutista que surgiu de agrupamentos de vários pontos do país: Guimarães, Braga, Barcelos, Fafe, Vila Nova de Famalicão, Vila Verde e Valença.

segunda-feira, 31 de maio de 2010

AMIZADE


A força da amizade vence todas as diferenças...

Aliás... para que diferenças se somos amigos?

Quando erramos... nos perdoamos e esquecemos

Se temos defeitos... não nos importamos...

Trocamos segredos...e respeitamos as divergências...
Nas horas incertas, sempre chegamos no momento certo...

Nos amparamos... nos defendemos... sem pedir... fazemos porque nos sentimos felizes em fazer...

Nos reverenciamos... adoramos... idolatramos... apreciamos... admiramos.



Nos mostramos amigos de verdade, quando dizemos o que temos a dizer...

Nos aceitamos, sem querer mudanças...

Estamos sempre presente, não só nos momentos de alegria, compartilhando prazeres, mas principalmente nos momentos mais difíceis...


Fonte anónima

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Relíquias de S. Gualter - Guimarães



O restauro da Igreja de S. Francisco, em Guimarães, permitiu ‘descobrir’ no interior de uma imagem o que se pensa ser os restos mortais de S. Gualter, o padroeiro da Cidade-Berço.
“Para a população de Guimarães mas, sobretudo, para os católicos a descoberta das relíquias de S. Gualter, é um facto absolutamente extraordinário”.
As ‘relíquias’ do santo foram retiradas, do interior de uma imagem de roca de S. Gualter.
“Os restos mortais estavam dissimulados no interior da imagem, envoltos em linho, e constituíam o miolo de uma imagem que se supunha ser oca”, disse o responsável pela Ordem.
Durante o restauro da igreja onde é venerado o padroeiro da cidade de Guimarães, foram sendo encontradas ‘pistas’, indicando o local onde se encontravam os ossos que se pensa, pertencerem a Gualter, o monge franciscano que morreu em 1216.
“A igreja e algumas obras de arte sacra estão a ser restauradas conforme a capacidade financeira que a Ordem de S. Francisco tem para o fazer”.
As ‘pistas’ foram encontradas, ao longo dos anos, em actas do antigo mosteiro franciscano e em documentos existentes nos arquivos.
“A igreja foi construída no ano 1400 e em 1575, de acordo com documentos escritos, os frades mudaram de local os ossos do santo”.
Em 1800, foi pedida ordem ao Marquês de Pombal para colocar em exposição as relíquias do santo ‘protector’ da cidade de Guimarães.


in "Comercio de GMR"

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Borboleta



Ó borboleta linda de mil cores
Que às vezes és verde, outras azul
Outras branca, outras preta,
Outras vermelha, da cor do amor e da paixão.
Quero ficar imóvel,
Suster a respiração.
Para que possas um dia
Tornar a visitar-me e poisar na minha mão...

Happy Birthday

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Árvores Poéticas

Árvores Poéticas no Largo da Oliveira em Guimarães


Diversas iniciativas a nível cultural evocaram o dia da Europa.


Através da Biblioteca Municipal Raul Brandão, da Câmara Municipal de Guimarães, realizou-se a iniciativa “Poesia de Rua”.


Ninguém ficou indiferente ao contacto proporcionado pelas diferentes manifestações associadas à divulgação de poesia europeia, merecendo especial destaque as oliveiras propositadamente colocadas para o efeito no Largo da Oliveira.



Ali vão permanecer durante um mês ostentando poemas de alunos das quatro escolas secundárias do Concelho.


O novo arranjo da praça mereceu a observação de muitos vimaranenses: por que não continuarem as oliveiras na Praça, podendo servirem de escaparate de poemas?





domingo, 16 de maio de 2010

Momentos de Poesia - L

DENTRO DE VOCÊ

E se eu disser que dentro de você mora um anjo,
que se reveste de luz para fazer novos amigos?

E se eu disser que dentro de você existe
uma paz infinita que o torna tão amigo e querido?

E se eu disser que dentro de você existe
luz e que essa luz apaga a inveja, a discórdia
e a guerra?

E se eu disser que dentro de você existe
um cupido que espalha amor e que flecha meu coração?

E se eu disser que você é iluminado pelas estrelas
e seus olhos parecem reflexo dessa luz?

E se eu disser que você é divinamente concebido
e tem dentro de si tudo o que precisa para viver?

E se eu disser que dentro de você existe
uma fera que sabe lutar e defender os seus?

E se eu disser que dentro de você habita
uma chama que é capaz de incendiar uma cidade?

E se eu disser que dentro de você mora um inventor
capaz de criar mil maneiras de fazer a mesma coisa?

E se eu disser que dentro de você existe
um construtor que é capaz de criar novos caminhos?

E se eu disser que dentro de você existe
um elo de corrente que o liga ao sobrenatural
tão facilmente?

E se eu disser que você é um deus,
e que possui a chave da vida eterna…

Da alegria que não acaba, dos sonhos que se realizam,
da saúde que se perpetua,
dos amigos que nunca o esquecem.
Da saudade gostosa, do desejo que realiza,
do prazer da vida?
Você é a própria luz!
Acredite nisso e brilhe, por amor a você
e a quem o criou.

Construa, viva, conquiste,
não aceite as derrotas, os “nãos”.
O impossível é apenas uma força te convidando para realizar.
Acredite.
“Dentro de você existe um universo em permanente construção.”

Paulo Roberto Gaefke

Momentos de Poesia - C

Um Amigo

Um amigo é fruto de uma escolha.

É uma opção de amor.

É a descoberta da alma irmã.

É a consciência clara e permanente de algo sublime.

É um tesouro sem preço, um gostar sem distância,
de alguém presente em nosso caminho,
nas horas de dúvida, de alegria, demais para ser perdido,

importante para ser esquecido

Maria Silva

Momentos de Poesia - F

AMAR!

Eu quero amar, amar perdidamente!
Amar só por amar: Aqui...além...
Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente
Amar! Amar! E não amar ninguém!

Recordar? Esquecer? Indiferente!...
Prender ou desprender? É mal? É bem?
Quem disser que se pode amar alguém
Durante a vida inteira é porque mente!

Há uma Primavera em cada vida:
É preciso cantá-la assim florida,
Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar!

E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada
Que seja a minha noite uma alvorada,
Que me saiba perder... pra me encontrar...

Florbela Espanca

Momentos de Poesia - FP

Eu Poetizo

eu poetizo
rimo com o coração
vivo enfrentando a vida
passando de mão em mão

minha alma só sabe cantar
só sabe ver a natureza
ando pelo dia ao luar
respirando a sua beleza

poema, o meu sonho regressado
ao canto de um pais tão pequeno
a flauta do meu povo brando
vive comigo num sono sereno

sei que por fim
a magia invade cada poema
escrito com o emblema
cravado em mim por cada seu tema


Flávio Pereira

quinta-feira, 13 de maio de 2010

FÁTIMA - Portugal






História

Três crianças, Lúcia de Jesus dos Santos (de 10 anos), Francisco Marto (de 9 anos) e Jacinta Marto (de 7 anos), afirmaram ter visto Nossa Senhora no dia 13 de Maio de 1917 quando apascentavam um pequeno rebanho na Cova da Iria, freguesia de Aljustrel, pertencente ao concelho de Ourém, Portugal.
Segundo relatos posteriores aos acontecimentos, por volta do meio dia, depois de rezarem o terço, as crianças teriam visto uma luz brilhante; julgando ser um relâmpago, decidiram ir-se embora, mas, logo depois, outro clarão teria iluminado o espaço. Nessa altura, teriam visto, em cima de uma pequena azinheira (onde agora se encontra a Capelinha das Aparições), uma "Senhora mais brilhante que o sol".
Segundo os testemunhos recolhidos na época, a senhora disse às três crianças que era necessário rezar muito e que aprendessem a ler. Convidou-as a voltarem ao mesmo sítio no dia 13 dos próximos cinco meses. As três crianças assistiram a outras aparições no mesmo local em 13 de junho, 13 de julho e 13 de setembro. Em agosto, a aparição ocorreu no dia 19, no sítio dos Valinhos, a uns 500 metros do lugar de Aljustrel, porque as crianças tinham sido levadas para Vila Nova de Ourém pelo administrador do Concelho no dia 13 de agosto.


A famosa "Capelinha das Aparições" em Fátima (que marca o local exacto onde Nossa Senhora apareceu aos três pastorinhos).
A 13 de outubro, estando presentes na Cova da Iria cerca de 50 mil pessoas, Nossa Senhora teria dito às crianças: "Eu sou a Senhora do Rosário" e teria pedido que fizessem ali uma capela em sua honra (que atualmente é a parte central do Santuário de Fátima). Muitos dos presentes afirmaram ter observado o chamado milagre do sol, prometido às três crianças em julho e setembro. Segundo os testemunhos recolhidos na época, o sol, assemelhando-se a um disco de prata fosca, podia fitar-se sem dificuldade e girava sobre si mesmo como uma roda de fogo, parecendo precipitar-se na terra. Tal fenómeno foi testemunhado por muitas pessoas, até mesmo distantes do lugar da aparição. O relato foi publicado na imprensa por vários jornalistas que ali se deslocaram e que foram testemunhas do fenómeno. Contudo, há testemunhos de pessoas que afirmaram nada ter visto, como é o caso do escritor António Sérgio, que esteve presente no local e testemunhou que nada se passara de extraordinário com o sol, e do militante católico Domingos Pinto Coelho, que escreveu na imprensa que não vira nada de sobrenatural. Entretanto, testemunhas da época disseram que o facto não aconteceu com o sol (este ficou do mesmo tamanho) mas sim que, no lugar onde Nossa Senhora apareceu para os pastores, deu-se uma luminosidade tão intensa que ninguém conseguiu ficar com os olhos abertos, ninguém conseguiu ver Nossa Senhora, apenas os três pastores.
Posteriormente, sendo Lúcia religiosa doroteia, Nossa Senhora ter-lhe-á aparecido novamente em Espanha (10 de Dezembro de 1925 e 15 de Fevereiro de 1926, no Convento de Pontevedra, e na noite de 13 para 14 de Junho de 1929, no Convento de Tuy), pedindo a devoção dos cinco primeiros sábados (rezar o terço, meditar nos mistérios do Rosário, confessar-se e receber a Sagrada Comunhão, em reparação dos pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria) e a Consagração da Rússia ao mesmo Imaculado Coração.
Anos mais tarde, Lúcia contou ainda que, entre abril e outubro de 1916, teria já aparecido um anjo aos três pastorinhos, por três vezes, duas na Loca do Cabeço e outra junto ao poço do quintal da casa de Lúcia, convidando-os à oração e penitência, e afirmando ser o "Anjo de Portugal".
Este anjo teria ensinado aos pastorinhos duas orações, conhecidas por Orações do Anjo, que entraram na piedade popular e são utilizadas sobretudo na adoração eucarística.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

AS DÁDIVAS DA VIDA



AS DÁDIVAS DA VIDA

Às vezes a vida nos presenteia com pessoas encantadoras. Pessoas que só transmitem sentimentos bons. Pessoas que existem, pois, Deus precisava de ajuda para o seu propósito aqui neste mundo. Pessoas de coração cheinho de sentimentos bons. Pessoas de alma pura. Pessoas que realmente fazem parte da bondade, da ternura, da caridade.




Pessoas que realmente valorizam o simples, mas belo.

Pessoas que são capazes de dar cor a tela vazia que

às vezes a vida nos proporciona.


Pessoas que surpreendem com gestos

que para muitos são pequeninos,

mas para os de coração nobre

são de valor inestimável.


Pessoas que aqui estão para fazer acontecer.

Pessoas que são capazes de tudo para transmitirem,

que o verdadeiro sentido da vida...

É simplesmente, amar.


Essas pessoas são anjos terrenos

dispostas a perfumar o mundo

com fragrâncias suáveis

e deliciosas de serem sentidas

terça-feira, 11 de maio de 2010

Um Sorriso na Palma da Mão




Um Sorriso na Palma da Mão
É
Um espaço, só para pensamentos positivos; laser; lúdico; com ideias criativas; memórias presentes; o Sorriso; a Alegria; o Bem estar; o Amor; Paz

http://umsorrisonapalmadamao.ning.com

Life happy - criadora da ning "Um Sorriso na Palma da Mão" desde o dia 18 de Novembro de 2008.
Actualmente com 822 membros, dos quais 7 são administradores.
Foram postadas 3.445 fotos e 741 videos.

Foram criados 61 grupos. Dos quais se destacam com o nome de:
Fadas, Anjos, Mensageiros... Signos - com 74 membros
Sidnei Piedade - O Poeta - com 68 membros
Confissões de Mulher - com 64 membros
Roberto Carlos - com 59 membros
Querer é poder - com 46 membros.

Foram criados 116 foruns. Dos quais se destacam com o nome de:
1ª palavra que vier à cabeça após ler a minha - com 200 respostas
Anedotas - com 134 respostas
Gosto de ti - com 86 respostas
Há quanto tempo você não... - com 85 respostas
Saiu-te o Euromilhões, e agora? - com 73 respostas.

Foram também criados 884 blogs dos quais são em:
2008 - 4
2009 - 580
2010:
Janeiro - 65
Fevereiro - 58
Março - 101
Abril - 93
Maio - 29

Até ao momento visitaram o Sorriso 228.754 vezes.

Nota final: As nings vão deixar de ser gratuitas, por isso, na eventualidade de nao se querer pagar um serviço que até então era gratuito, o Sorriso Na Palma da Mão poderá ter os dias contados...

quarta-feira, 5 de maio de 2010

teste

Como estou ainda a nascer, embora as emoçoes sejam já imensas, ando às apalpadelas...